O Manifesto do Básico

IMG_9930

Essa última semana fiquei me debatendo muito sobre o que é básico – cada um tem uma ideia diferente do que é essencial. Pra muita gente o básico é a comida do dia a dia: arroz, feijão, carne, batata… E, com algumas variações, é realmente pra onde eu vou na rotina, mas o que eu quero do básico é algo que vem antes de receitas. Vem antes da necessidade de saber ligar o forno até. A coisa mais básica é ter ingredientes de qualidade. Irrelevante se é pra fazer uma terrine de cordeiro ou um ovo frito na manteiga; tudo precisa ser bem escolhido. Ingredientes verdadeiramente bons provavelmente não vem dentro de uma lata, mas sim frescos, de alguma feira orgânica perto da sua casa que você ainda nem descobriu. Então, antes de qualquer aventura na cozinha, se dedique a saber de onde vêm os alimentos que você compra. Será que você aprova o método de produção daquele frango congelado no mercado? O tanto de agrotóxicos no tomate? Ou o tanto de aditivos químicos daquele pão? Acho que não. Visite mercados de pequenos produtores, compre coisas orgânicas no super, vá no açougue! Comprar os ingredientes é uma parte tão gostosa quanto cozinhar o prato. E outra dica: Carnes e vegetais frescos e da estação são sempre as melhores pedidas.

E depois de saber onde comprar e a que a qualidade do produto é o mais importante, falta saber o quê é que faz uma dispensa estar sempre preparada pro básico. Arroz branco, uma boa massa (espaguete, penne, o que você preferir), azeite, manteiga, leite, ovos, trigo, arroz de risoto, feijão e tomate pelado em lata deixam a sua estante preparada para muita coisa. Para temperar: vinagre, páprika doce, pimenta do reino (se possível para moer na hora!), sal, alho e cebola resolvem quase tudo! E ervas, tomilho, sálvia, manjericão! O que você puder ter fresco em mãos tenha. Coloque raminhos de alecrim pela casa! Ou congele, ele também fica bom, apesar de perder a cor. Se eu tivesse que escolher apenas um desses eu escolheria o tomilho, pois acho que vai bem com carne, peixe, frango, massas… Ele é bem leve e tem um sabor levemente adocicado e vai super bem com manteiga, que é sempre uma boa coisa.

E agora, de utensílios na cozinha, o que você precisa?

Uma boa faca (Não, não é aceitável cortar coisas com faca de serra. Sério);

Uma colher de pau;

Uma boa tábua;

Uma panela grande;

Uma boa frigideira – daquelas pesadas, se possível que vão no forno.

Essas são as cinco coisas que eu mais uso na minha cozinha, claro que é legal ter uma kitchen aid e tudo mais se você quiser, mas o básico mesmo é esse. Com uma tábua e uma faca dá pra fazer até pesto!

E talvez a última coisa que eu tenha pra falar do básico é: Não tenha medo de experimentar, tente fazer coisas novas. O mundo tem tanta comida diferente, tantos sabores incríveis a descobrir! Qual foi a última vez que você se arriscou combinando ingredientes? A internet está tão cheia de receitas que dá pra jogar os ingredientes que você tem no google e ver surgir mil oportunidades na sua frente.

IMG_9923

ps: Mora em Brasília e quer vegetais fresquinhos na sua casa? Essa companhia entrega orgânicos em casa: http://websta.me/n/pomarbrasilia?lang=pt

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s