Amatriciana, empatia e gastronomia social

IMG_2128

Na minha última viagem para Tel Aviv tive o prazer de conseguir finalmente comer a comida do Chefs for Peace em um restaurante pop up no mercado Sarona, lugar que sofreu um fatal atentado terrorista ainda esse ano.

Chefs for Peace é uma organização israelense-palestina de cozinheiros que procuram promover a paz através da comida, reunindo jovens que nunca conversariam sobre a realidade um do outro em eventos cheios de comida e histórias. Para eles a comida é uma ponte na qual as pessoas podem encontrar coisas em comum e desenvolver empatia um pelo outro.

Essa semana a comida mostrou o poder da empatia em outro canto do mundo: Chefs italianos estão doando parte dos seus lucros em cima da pasta all’amatriciana para ajudar a região de Amatrice, onde o molho foi criado, depois do terremoto que deixou cidades devastadas no centro da Itália. Mais de 700 restaurantes já aderiram ao projeto.

Aquece meu coração ver nesses projetos o poder transformador que a comida tem – de poder unir, inspirar, ajudar, mudar uma realidade se quisermos. No Brasil também temos um centro de gastronomia social, o gastromotiva, que tem cursos de capacitação para comunidades pobres e inclusive cursos de gastronomia em presídios.

Comida não é só alimento, é cultura, é social. Tudo que você come tem uma história por trás – onde a receita surgiu, como o cozinheiro se envolveu com a cozinha, de onde veio o seu tomate. Quando a gente abre os olhos para esses lindos projetos sociais é fácil perceber que eles estão em todos os cantos e acreditem; comida pode mudar o mundo, é só uma questão de querer se envolver com as boas histórias.

Olha lá que projeto bacana: http://www.gastromotiva.org/pb/a-gastromotiva/

 

Molho Amatriciana:

Ingredientes (para 4 pessoas, ou 3 que sabem viver muito bem):

1 lata de tomate pelatti

150 gramas de tomates cerejas cortado em quatro partes

100 ml de água

½ cebola finamente picada

2 alhos picados

1 colher de chá de flocos de pimenta malagueta

Algumas folhas de manjericão

120 gramas de bacon

1 colher de chá de açúcar

Azeite, sal e pimenta

 

Como fazer:

O molho amatriciana é um molho de tomate com bacon e pimenta malagueta que conquista qualquer coração com sua picância e aquele sabor defumado maravilhoso misturado com o fresco do tomate. Para fazer um bom amatraciana é preciso construir sabores, isso significa que a ordem dos ingredientes altera, fortemente, os resultados. Então vamos seguir a risca, ok? Ok.

Primeiramente corte o bacon em quadrados pequenos e coloque em uma frigideira em fogo médio, com um pouco de azeite. Quando o bacon estiver bem frito, adicione a pimenta, o manjericão, a cebola, o alho e o tomate e deixe cozinhar até a cebola ficar transparente. Tempere com um pouco de sal e pimenta e adicione o tomate pelatti e diminua o fogo para baixo. Com uma colher de pau vá quebrando o tomate pelatti, quando começar a ferver adicione o açúcar e a água e vá mexendo até o molho reduzir para a textura desejada. Adicione sal e pimenta e sirva! Eu gosto de servir em cima da massa, mas você pode servir como preferir.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s